12 agosto 2011

Carlos Trindade, Secretário-Geral da Corrente Sindical Socialista da CGTP-IN, em entrevista ao Jornal Sol


Entrevista a Carlos Trindade, Secretário-Geral da Corrente Sindical Socialista da CGTP-IN, ao Jornal Sol, publicada na edição n.º 258 de 12 de Agosto de 2011.

Vídeo:



Um comentário:

Francisco d'Oliveira Raposo disse...

(Nota Prévia: este texto foi publicado no FACEBOOK a 13 de Agosto.
Como posteriormente a CSS-CGTP parece estar aberta ao debate de ideias, aqui está):
Oh Carlos Trindade. Estás preocupado com a radicalização da CGTP???
Ora eu estou preocupado é com a radicalização do ataque do Capital ao Trabalho, a guerra sem fim que foi desencadeada nos últimos anos pelo neoliberalismo:a manutenção e mesmo agravamento da legislação laboral - Código do Trabalho e a chamada Reforma da Administração Publica, as iniciativas publicas privadas, o desmantelamento dos serviços públicos, a protecção aos banqueiros e especuladores...
Medidas keynesianas? Poderá ter havido algumas, mas a esmagadora maioria alinhou pelo noliberalismo, mas disso sabes tu que subscrevestes as posições da nossa Central sobre os assunto.
O que quero de ti e da Comissão Executiva da Central é que apresentes um programa de luta, que construa resistência a esta austeridade sem fim para o povo trabalhador e enriquecimento continuo do grande capital.
Deixa-te lá de preocupações sobre "radicalimos". Cumpre mas é o mandato que recebestes dos trabalhadores portugueses.

Francisco d'Oliveira Raposo
Com. Executiva do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa,
militante do Socialismo Revolucionário - Comité por uma Internacional dos Trabalhadores em Portugal